ONU – A contribuição salesiana para a 62a Sessão da Comissão sobre a Condição Feminina
Featured

29 março 2018

(ANS – Nova Iorque) – A 62a Sessão da Comissão ONU sobre a Condição Feminina (CSW, em inglês) foi realizada na sede das Nações Unidas em Nova Iorque, de 12 a 23 de março de 2018. Trata-se da reunião do principal organismo intergovernativo global dedicado exclusivamente à promoção da paridade de gênero e à emancipação das mulheres e jovens mulheres. Também neste ano os Salesianos participaram dos trabalhos da CSW.

A 62ª CSW desenvolveu como tema prioritário “desafios e oportunidades para chegar à paridade de gênero e a emancipação das mulheres e das jovens mulheres rurais”. P. Thomas Brennan, SDB, que foi representante dos Salesianos na ONU, colaborou com as Irmãs da Misericórdia das Américas, as Irmãs do Sagrado Coração e as Irmãs de Loreto na preparação de uma intervenção escrita que ressaltou os benefícios possíveis para a emancipação feminina mediante o trabalho conjunto sobre dois Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: a paridade de gênero (n. 5) e o acesso à água limpa e aos serviços higiênico-sanitários (n. 6).

Além disso o P. Brennan colaborou na preparação de um evento colateral dedicado à emancipação das mulheres rurais na consecução do direito à água: “Sabedoria, água e mulheres rurais: fazer ouvir a voz das mulheres para as políticas hídricas integradas”.

Finalidade do evento foi promover a participação das mulheres e das jovens mulheres rurais na programação, atuação e avaliação das políticas hídricas; evidenciar a natureza dos problemas nas políticas hídricas e propor soluções possíveis; e criar consciência e difundir o valor da água na sociedade.

A Dra. Meghan Clark, da “St. John’s University”, enquadrou a discussão à luz das orientações do Papa Francisco, referindo-se à necessidade de:

  • Emancipação e Ação. Aqueles que vivem na pobreza ou em populações vulneráveis devem ser “agentes dignos do próprio destino”.
  • Reconhecer os apelos à paridade de gênero como obra do Espírito. O que leva a recusar toda forma de violência contra as mulheres.
  • Aceitar que ter água limpa é um direito humano fundamental (cf. Laudato Sii’, n. 30).

Entre os recursos disponíveis no âmbito da 62ª CSW há também o documento produzido pela mesa-redonda de alto nível “Every Drop Counts” (Toda Gota Conta).

View the embedded image gallery online at:
http://www.infoans.org/pt/component/k2/item/5169#sigProIddfc5d75061

InfoANS

ANS - “Agência iNfo Salesiana” - é um periódico plurissemanal telemático, órgão de comunicação da Congregação Salesiana, inscrito no Registro da Imprensa do Tribunal de Roma, n. 153/2007. 

Este sítio utiliza ‘cookies’ também de terceiros, para melhorar a experiência do usuário e para fins estatísticos. Escorrendo esta página ou clicando em qualquer de seus elementos, aceita o uso dos ‘cookies’. Para saber mais ou negar o consentimento, clique na tecla "Mais informações".