Print this page

Eslováquia – Padre Tito Zeman é Beato
Featured

02 outubro 2017

(ANS – Bratislava) – “Dar a vida pelos irmãos: foi o ideal do beato Tito Zeman. Ele foi feito prisioneiro porque ajudava seminaristas e sacerdotes a sair do país para viverem o próprio ideal apostólico. Sua prisão foi transformada por ele em sacrifício pela redenção de outros”. São algumas passagens da intensa homilia feita pelo cardeal Angelo Amato, SDB, representante do Papa e Prefeito da Congregação das Causas dos Santos, durante a Eucaristia celebrado no dia 30 de setembro em Bratislava por ocasião da beatificação de Tito Zeman, Salesiano sacerdote, mártir.

Um evento de Igreja e de Família Salesiana que contou com a participação de 25.000 fiéis, 25 arcebispos e bispos, cerca de 500 sacerdotes, 200 seminaristas. Com o cardeal Amato, estavam entre os concelebrantes principais o arcebispo de Bratislava, Dom Stanislav Zvolenský, o Reitor-Mor, P. Ángel Fernández Artime, o cardeal eslovaco Jozef Tomko, e o Núncio Apostólico, Dom Giacomo Ottonello. Também estavam presentes duas irmãs do novo Beato e vários parentes.

Momento de especial intensidade foi vivido com o rito de beatificação. Depois do pedido oficial feito pelo arcebispo de Bratislava, acompanhado pelo Postulador Geral, P. Pierluigi Cameroni, SDB, e pelo Vice-Postulador, P. Jozef Slivon, SDB, o cardeal Amato leu a Carta Apostólica estabelecendo que Tito Zeman seja enumerado entre os beatos e a sua memória litúrgica, celebrada no dia 8 de janeiro, seu dies natalis.

No dia seguinte, domingo 1º de outubro, a comunidade de Vajnory fez a ação de graças pela beatificação do P. Zeman. Vajnory é o bairro de Bratislava onde o P. Tito nasceu em 4 de janeiro de 1915, foi batizado e crismado, celebrou a Primeira Missa e concluiu a sua vida terrena em 8 de janeiro de 1969.

Na solene concelebração, presidida por Dom Zvolenský, o Reitor-Mor fez a homilia sublinhando a atualidade do testemunho do P. Zeman, também em relação “à preparação e celebração do próximo Sínodo dedicado ao tema sobre Os jovens, a fé e o discernimento vocacional. P. Tito, através das passagens clandestinas encarnou, de certo modo, as passagens fundamentais do processo de discernimento”.

À tarde, o relicário do novo Beato foi colocado num altar lateral da igreja paroquial de Vajnory. O Papa Francisco, no Ângelus, também prestou homenagem ao novo Beato: “Ele se une à extensa fileira dos mártires do século 20... O seu testemunho nos sustente nos momentos mais difíceis da vida e nos ajude a reconhecer, mesmo nas provações, a presença do Senhor”.

ANSFlickr

www.tituszeman.sk/en  

Este sítio utiliza ‘cookies’ também de terceiros, para melhorar a experiência do usuário e para fins estatísticos. Escorrendo esta página ou clicando em qualquer de seus elementos, aceita o uso dos ‘cookies’. Para saber mais ou negar o consentimento, clique na tecla "Mais informações".