RMG – "Reflexões Pós-Capitulares": o Reitor-Mor entrega à Congregação "o roteiro" para o sexênio 2020-2026

14 agosto 2020

(ANS - Roma) – Chamam-se "Reflexões Pós-Capitulares”, em vez de "Documentos Capitulares" (como era habitual chama-los), porque não foi a Assembleia do Capítulo Geral a aprovar este documento, mas sim o Reitor-Mor com o seu Conselho, que aceitaram o pedido feito pelo CG28 de levar a bom termo o trabalho iniciado por aquela Assembleia. Entretanto, o objetivo dessas "Reflexões Pós-Capitulares" é o mesmo: orientar a vida da Congregação Salesiana por um período de seis anos – do CG28 até o CG29 em 2026 – . Estamos a falar pois de um documento oficial que o Reitor-Mor, P. Ángel Fernández Artime, divulgará oficialmente no próximo domingo, 16 de agosto, 205º Aniversário de Nascimento de Dom Bosco.

P. Ángel, poderia descrever o documento, sua gênese e seu valor para a Congregação Salesiana?

O texto nasceu para colocar numa pista definitiva quanto se produziu no CG28, o qual, como sabemos, durou apenas quatro semanas, em vez das sete planejadas. Foi feito por todos juntos, como Conselho Geral e por mim, individualmente, com ponderação, oração e discernimento.

No conjunto das "Reflexões Pós-Capitulares" está a "Carta Programática do Sexênio". Esta carta, ou proposta, oferece as considerações que se seguiram ao CG28, fruto do mesmo Capítulo e síntese da caminhada feita pela nossa Congregação nos seis anos precedentes. Trata-se, portanto, de uma ampla reflexão oferecida à Congregação, reflexão que retoma em primeiro lugar o espírito e grande parte do conteúdo da Carta que o Santo Padre o Papa Francisco dirigiu ao CG28. Trata-se também daqueles elementos que considerei essenciais, já presentes na reflexão feita na assembleia capitular, sobre os dois primeiros núcleos. E trata-se, por fim, da reflexão sobre o terceiro, elaborado este no Conselho Geral.

Juridicamente, os documentos aprovados por um Capítulo Geral têm um valor único e extraordinário. E este texto responde precisamente à deliberação do Capítulo que confiou ao Conselho Geral a tarefa de fornecer todos os elementos para a orientação da Congregação ao longo do sexênio.

É isto portanto o que oferecemos: propostas de orientação para um trabalho educativo, pastoral, carismático, até ao CG29.

Além disso, dentro das "Reflexões Pós-Capitulares" se encontrará quer toda a Carta do Santo Padre, que certamente chegará ao coração de cada salesiano; quer algumas reflexões específicas feitas no Capítulo ou no Conselho Geral; quer também as deliberações que se puderam aprovar antes do encerramento antecipado, com os tradicionais Anexos e as diversas cartas e discursos.

Quais as linhas diretrizes contidas na carta de programação?

Na carta programática se indicam oito propostas, todas importantes e de grande significado: elas são como que os gonzos, ou dobradiças, da proposta dirigida a toda a Congregação. Cada Inspetoria, entretanto, deverá ser capaz de individuar aquelas em que se deverá concentrar mais, de acordo com a situação específica, com os resultados já alcançados em algumas áreas; ou, pelo contrário, com os desafios mais prementes do próprio contexto.

Certamente, dentre as que não podem ser absolutamente descuidadas, gostaria de salientar: o cuidado pela nossa identidade carismática (1); a formação do salesiano pastor de hoje (4)com que dar respostas salesianas e proféticas à realidade; a presença afetiva e efetiva entre os jovens (3), especialmente os mais pobres (5); sem se esquecer do compromisso pela evangelização e educação na Fé (2), que hoje, mais do que nunca, é urgência universal.

Qual a mensagem que o V. Rev.ma e o Conselho Geral desejam passar ao lançar o Documento no dia 16 de agosto?

Não é um fato acidental. Divulgá-lo no dia de Dom Bosco é recordar aquele jovem que gozou da especial predileção de Deus, mas que também, por sua vez, acolheu a missão que Deus lhe confiava. As Constituições nos recordam que a Congregação não é fruto de projeto humano, mas de inspiração do Espírito Santo. Por isso, com a entrega deste documento em 16 de agosto, queremos pôr a vida e a realidade da Congregação de hoje – este projeto que Deus confiou ao Pai e Mestre da Juventude – sob a constante Bênção de Deus.

Quando e como será difundido?

No dia 16 de agosto o documento será divulgado nas seis línguas mais faladas na Congregação. Depois caberá a cada Inspetoria fazer a tradução para as suas próprias línguas locais.

Além disso – como para este sexênio assumi o compromisso de animar - quanto antes - os Exercícios Espirituais para todos os Inspetores e seus Conselhos, de todo o Mundo – , já posso adiantar que, em minhas reflexões, farei uso de muitos elementos dessa proposta.

Será um modo de aproximar esta visão da Congregação a cerca de 900 Salesianos diretamente envolvidos em papéis de animação e governo.

InfoANS

ANS - “Agência iNfo Salesiana” - é um periódico plurissemanal telemático, órgão de comunicação da Congregação Salesiana, inscrito no Registro da Imprensa do Tribunal de Roma, n. 153/2007. 

Este sítio utiliza ‘cookies’ também de terceiros, para melhorar a experiência do usuário e para fins estatísticos. Escorrendo esta página ou clicando em qualquer de seus elementos, aceita o uso dos ‘cookies’. Para saber mais ou negar o consentimento, clique na tecla "Mais informações".