Vietnã – O P. Peter Nghia, salesiano missionário: "Nós, missionários, não saímos para mudar os outros, mas para mudar a nós mesmos para testemunhar o Evangelho"

05 agosto 2019

(ANS - Vinh Long)  Em julho passado, o salesiano Peter Nguyen Trong Nghia foi ordenado sacerdote. O P. Nghia é natural do Vietnã e trabalha há sete anos na Inspetoria da África Ocidental de língua inglesa (AFW), entre Gana, Nigéria, Serra Leoa e Libéria.

Quais são os mais belos presentes que você recebeu nesses sete anos?

O primeiro foi a felicidade e a paz em meu coração. A felicidade me torna capaz de aceitar novas culturas e diferentes idiomas. O segundo foi ter aprendido muito nos novos lugares, aos quais fui enviado. Nós, missionários, não saímos para mudar ou renovar os outros, mas para viver e aceitar os outros, mudar a nós mesmos para testemunhar o Evangelho, mostrando o amor de Deus às pessoas, onde quer que estejamos.

Como se deu seu chamado missionário?

No começo eu não queria ser missionário ‘ad gentes’. Mas um dia ouvi Deus me chamando para essa missão. Por mais de uma semana sentia-me muito inquieto.Em tudo o que fazia. Tive até medo. Resolvi conversar sobre isso com o Diretor da época, P. Thomas Long, que me aconselhou a fazer uma novena a Maria SS para conhecer a vontade de Deus. Durante a novena eu orava a Deus para que não me chamasse para ser missionário: tinha medo de não aprender novas línguas e culturas. Mas depois da novena, me inscrevi para as missões, porque acreditava que Deus me chamava para ser seu missionário. Disse ‘sim’ a Ele. A partir daquele momento não tive mais medos: nem mesmo quando o Boko Haram espalhava sua violência na Nigéria; ou a Serra Leoa fora tomada polo vírus ebola.

O que podemos aprender com os jovens africanos?

Os jovens africanos são felizes, sempre dispostos a mudar para melhor. Eles acham a vida muito difícil: mas são autoconfiantes em sua fala, dinâmicos, corajosos e alegres. Deles podemos aprender ser mais confiantes em relação a nós mesmos e em Deus, e sermos felizes em todas as situações da vida.

Como Neossacerdote, qual é o seu sonho para esta nova fase de vida salesiana?

Eu quero ser Dom Bosco para a juventude pobre, aonde quer que eu seja enviado. Quero ser amigo dos jovens e compartilhar a vida com eles. E, claro, quero ser fiel ao Ofício Divino, à Eucaristia cotidiana, à Confissão frequente.

Quer deixar uma mensagem aos jovens salesianos em formação, no Vietnã e nos demais Países de sua Região?

Minha mensagem é muito simples: "Esteja pronto para dizer sim ao chamado de Deus e não tenha medo. Se confiarmos nEle, Ele fará tudo por nós. Seja feliz e agradecido em todas as circunstâncias”.

InfoANS

ANS - “Agência iNfo Salesiana” - é um periódico plurissemanal telemático, órgão de comunicação da Congregação Salesiana, inscrito no Registro da Imprensa do Tribunal de Roma, n. 153/2007. 

Este sítio utiliza ‘cookies’ também de terceiros, para melhorar a experiência do usuário e para fins estatísticos. Escorrendo esta página ou clicando em qualquer de seus elementos, aceita o uso dos ‘cookies’. Para saber mais ou negar o consentimento, clique na tecla "Mais informações".