Print this page

Itália – Semana Santa ou pandemia: "Em meio a tanta dor, testemunhamos os mais belos gestos da humanidade"
Featured

10 abril 2020

(ANS – Turim) – Há algumas semanas se concluiu o Capítulo Geral 28 (CG28) dos Salesianos de Dom Bosco, em Turim. Alguns coirmãos salesianos conseguiram voltar a seus países; outros precisaram ficar em vários lugares da Europa. Alguns estão em Turim e aguardam o dia do próprio retorno. Quando? Só Deus sabe! Apesar da situação, ninguém desperdiçou seu tempo porque, onde quer que os Inspetores estejam, continuam a incentivar e governar suas Inspetorias Religiosas. O P. Ángel Prado Mendoza nos enviou a reflexão "Semana Santa ou pandemia?".

A Semana Santa 2020 chega em circunstâncias mui novas e acredito que, embora todas as Semanas Santas evoquem reflexão, oração e contemplação dos mistérios que nos deram a vida nova, ‘esta’ Semana Santa o faz com ênfase assaz especial, particular.

De fato, este ano as vozes que sempre convidam a viver a Semana Santa como se fosse uma festa ou um passeio, foram caladas. Este ano não vimos os grandes anúncios que convidam a comprar coisas inúteis, como simples vítimas do consumismo. Este ano não houve promoções em hotéis ou ‘resorts’ para viver a "Semana Santa" como algo separado da Fé em um Deus que deu Sua vida pela Humanidade.

E o mais impressionante de tudo, pelo menos para nós, crentes, é que este ano as igrejas estarão fechadas e vazias. Bendito seja Deus que, nesse sentido, as iniciativas se multiplicaram, algumas das quais muito louváveis.

Então nos perguntamos: - Esta pandemia, que nos invadiu sem avisar, arruinou ou não a nossa Semana Santa?

Eu diria que não arruinou, antes levou-nos a redescobrir o seu significado mais profundo.

A coisa mais chocante e dolorosa são os milhares e milhares de pessoas infectadas e de mortos em tantos países do mundo. É uma verdadeira tragédia global. E mesmo em meio a tanta dor testemunhamos alguns dos mais belos gestos da humanidade.

Motivado por tudo o que estamos vivendo, ousei sonhar.

Sonho com um mundo mais humano, mais justo e mais generoso. Sonho com um mundo que aprendeu a investir seus melhores recursos em saúde e educação.

Sonho com um mundo que aprendeu a se ajoelhar, porque reconhece, valoriza e respeita o sagrado, porque sabe que o único infinito é Deus.

Sonho com um mundo que finalmente, depois de tantas provações, aprendeu a dizer: "Pai nosso, que estais nos Céus..." e aprendeu a viver o Evangelho sintetizado no novo mandamento do amor: "Amai-vos uns aos outros como eu vos amei”.

Portanto, apesar da pandemia, é possível viver esta Semana Santa com todas as suas qualidades e plenitude.

Pelo P. Ángel Prado Mendoza SDB

Inspetor da América Central

Este sítio utiliza ‘cookies’ também de terceiros, para melhorar a experiência do usuário e para fins estatísticos. Escorrendo esta página ou clicando em qualquer de seus elementos, aceita o uso dos ‘cookies’. Para saber mais ou negar o consentimento, clique na tecla "Mais informações".