RMG – O novo Conselheiro Regional para a Interamérica: “Crescer na proximidade aos jovens, no envolvimento conjunto SDB-Leigos e nas novas vocações do carisma”

10 julho 2020

(ANS – Roma) – Mexicano, 51 anos, ex-Superior da Inspetoria do México-Guadlajara (MEG), o P. Hugo Orozco Sanchéz é, desde o último 13 de março, o novo Conselheiro para a Região Interamérica. Eis como ele se apresenta aos leitores de ANS.

O que o levou a fazer-se salesiano?

Estudei na escola salesiana “Anahuac Chapalita”, de Guadalajara, México. Foi ali que conheci Dom Bosco: fiquei fascinado por seu estilo, por seus... sonhos. Aos 15 anos vivi uma Páscoa Juvenil, graças à qual comecei uma caminhada de aproximação íntima recíproca com o Senhor Jesus, que ainda continua. Aquele relacionamento me levou a gestos de generosidade, como o ensino do catecismo; as visitas a uma casa de saúde, a um cárcere de menores… Ali iniciou um relacionamento que iria marcar toda a minha vida: o relacionamento com os meninos de rua.

Quando completei 18 anos, passei um ano de voluntariado na Prelazia Mixepolitana, em Oaxaca, animada pelos salesianos. Feliz pelo encontro com Deus na natureza e com o povo simples das vilas, pensei: “E por que não por toda a vida?”. Fiz a primeira Profissão salesiana em 16 de agosto de 1989, em Tlaquepaque.

Sou Salesiano de Dom Bosco porque me sinto livremente amado por Jesus e, dado o desejo de corresponder-Lhe, quis segui-Lo segundo o estilo de Dom Bosco.

Que traz consigo do CG28?

Uma obediência que não estava nos meus planos! (Ri.)

Viver esse CG em Valdocco foi uma experiência magnífica. Parece-me que, devido a todas as suas peculiaridades, vivemos um CG28 único no seu gênero. Fica-me assim o desejo de tornar presente Dom Bosco hoje, no seu estilo, no seu amor pelos jovens, na sua intenção de levá-los a Deus. Fica-me a opção pelo estilo carismático de viver a comunidade, o serviço e a missão. Entendo que devemos fazer ainda melhor, sem temores de inovar.

Nestas primeiras semanas, o que pôde conhecer do novo encargo? Que pensa e espera do futuro?

Desde 16 de março me encontro na Casa Inspetorial da Inspetoria do MEG, em Guadalajara, porque as políticas de prevenção da Imigração não me permitem ainda ir a Roma. Mas isto não impede a participação nas Sessões ordinárias (do Conselho). Já pude fazer algumas coisas próprias do meu serviço; há uma comunicação frequente com os Inspetores da minha Região; e estou aperfeiçoando o italiano e o inglês.

No futuro espero que se possam achar novos modos para acompanhar o trabalho dos Irmãos na Região. Parece-me que já existam as oportunas perspectivas para renovar o sentido da presença de uma comunidade salesiana, e peço ao Espírito que nos ajude a individuar os melhores caminhos.

Que sonha para a sua Região nestes seis anos?

Sonho numa Região que tenha sabido dar passos à frente na definição da sua identidade carismática. Espero, pois, se cresça em nossa proximidade aos jovens, em nosso conjunto envolvimento como salesianos e leigos, e nas novas vocações do carisma.

InfoANS

ANS - “Agência iNfo Salesiana” - é um periódico plurissemanal telemático, órgão de comunicação da Congregação Salesiana, inscrito no Registro da Imprensa do Tribunal de Roma, n. 153/2007. 

Este sítio utiliza ‘cookies’ também de terceiros, para melhorar a experiência do usuário e para fins estatísticos. Escorrendo esta página ou clicando em qualquer de seus elementos, aceita o uso dos ‘cookies’. Para saber mais ou negar o consentimento, clique na tecla "Mais informações".