Itália – “Que Salesianos para os jovens de hoje?”. O P. Marcoccio ilustra e explica o percurso formativo

27 novembro 2020

(ANS – Roma) – Para aprofundar os conteúdos do Capítulo Geral 28 (CG28), a Conferência das Inspetorias Salesianas da Itália (CISI)-Setor da Formação e o Centro de Estudos “Obra Tabernáculos Viventes” organizaram uma sequência de encontros on-line. Quem nos vai ilustrar tudo isso será o P. Francisco Marcoccio, Vigário e Delegado para a Formação da Circunscrição Itália Central (ICC).

Como nasceu essa ideia e quais os frutos que se esperam?

O Papa Francisco, em sua carta ao CG28 chamou a nossa atenção para o carisma da “presença”, a fim de mostrar que o educador põe a sua confiança na ação de Deus.

O  Reitor-Mor em sua fala final e nas linhas programáticas pera o sexênio lança o ápice dos desafios na profundidade carismática, cujo fundamento é a relação com Jesus Cristo e no viver o “sacramento salesiano da presença”.

O CG28, em o n° 37, indicou na sinodalidade missionária a via para a conversão do coração e da mente, a direção da PJ e a modalidade para realizar a construção do espírito de família e a partilha da missão. E, no n° 3, além disso, indicou na área da afetividade, com todas as questões ligadas ao gênero e à identidade sexual, um desafio à nossa visão antropológica. Eis indicados alguns modos para estar “presentes” ao lado e no meio dos jovens.

Da leitura de tais estímulos nasceu a ideia de uma sequência de encontros dirigida principalmente aos SDBs; mas que imediatamente foi partilhado com os leigos e os demais membros da FS.

O objetivo é evidenciar a identidade carismática do salesiano no viver a graça de unidade e a sua interioridade apostólica como duas faces da mesma medalha: a profunda união com Deus e a paixão apostólica pelos jovens.

E por que o curso se concentra exatamente sobre a prioridade do “sacramento salesiano” da presença?

Entre as expressões de “mais efeito” usadas pelo Reitor-Mor está exatamente a que se refere ao “sacramento salesiano” da presença. Para algum teólogo seria certamente uma expressão ambígua, ou de se precisar com exatidão; todavia, o Reitor-Mor, creio, tenha querido indicar que o ser “sinal e portador do amor de Deus aos jovens” é a identidade profunda do salesiano: não só viver para os jovens, mas ‘com’ os jovens, ‘no meio’ dos jovens, “levando” a presença de um Outro, que é o Senhor Jesus Bom Pastor.  

São previstas outras iniciativas para aprofundar as demais prioridades do sexênio?

Seguramente há outras prioridades indicadas pelo Reitor-Mor, pelo CG28 e pelo Papa. Seria deveras belo se todos os anos se conseguisse focalizar uma, em benefício do todo.

Essa metodologia se poderá manter também no futuro?

A metodologia da entrevista ao vivo no Facebook e das perguntas em ‘chat’ foi sugestão da... atual pandemia e consegue envolver o maior número de comunidades salesianas, e de pessoas que vivem a uma distância notável. Poder-se-ia manter também no futuro, porque o ‘ao vivo streaming‘ já lançou uma nova modalidade de formação.

InfoANS

ANS - “Agência iNfo Salesiana” - é um periódico plurissemanal telemático, órgão de comunicação da Congregação Salesiana, inscrito no Registro da Imprensa do Tribunal de Roma, n. 153/2007. 

Este sítio utiliza ‘cookies’ também de terceiros, para melhorar a experiência do usuário e para fins estatísticos. Escorrendo esta página ou clicando em qualquer de seus elementos, aceita o uso dos ‘cookies’. Para saber mais ou negar o consentimento, clique na tecla "Mais informações".