Print this page

Itália – “Abba Filippo”: um missionário salesiano em terra de primeira evangelização

29 março 2018

(ANS – Veneza) – Chama-se P. Filippo Perin, mas é mais conhecido como “Abba Filippo”, como o chamam na Etiópia, sua terra de missão. Com suas cartas missionárias conta a sua experiência vivenciada, as tradições e os usos descobertos, as dificuldades e a pobreza em que vive a sua comunidade, a esperança que jamais desiste. Retornando à Itália por alguns dias, respondeu a algumas perguntas que permitem entender os porquês da sua opção missionária, que se renova todos os dias.

Quem é Abba Filippo e qual é o seu itinerário missionário?

Sou originário de Porcia, próxima a Pordenone. Frequentei as escolas médias agrícolas dos Salesianos da minha cidade e, por três anos, estive na Comunidade Proposta de Mogliano Veneto, onde amadureci a vocação salesiana. Depois do itinerário para ser sacerdote, em 2008 parti para Gambella, Etiópia, onde nos 6 primeiros anos estive na missão de Nyinenyang; agora estou na de Pugnido: uma área de primeira evangelização, de primeiro anúncio do Evangelho e de abertura de novas igrejas em muitas aldeias.

O que o levou a ser missionário salesiano?

Estive várias vezes com os jovens em missão de verão, com a Escola de Mundialidade e ali amadureci a vontade de partir para um período mais longo. Ver pessoalmente a pobreza, o trabalho e a vida dos missionários deu-me a motivação final.

Faria novamente hoje essa opção?

Faria novamente essa opção de vida e de fé, à qual dou muito da minha vida, mas da qual também recebo muitíssimo. Vejo isso graças ao encontro com o povo, com os jovens, com a pobreza, com uma fé grande em meio ao nada.

Há algum episódio-símbolo do seu ser sacerdote missionário?

Certa vez encontrei numa aldeia perdida na floresta um catequista que nos estava à espera. Recebeu-nos na sua cabana com a sua família e as suas crianças. Todos estavam muito contentes com a nossa chegada, felizes de ver-nos. Não tinham nada, contudo nos deram tudo. Aquele encontro mudou-me por dentro e esse itinerário de fé e vida permaneceu como símbolo da minha ação e da minha vida.

Fonte: www.salesianinordest.it 

Related items

Este sítio utiliza ‘cookies’ também de terceiros, para melhorar a experiência do usuário e para fins estatísticos. Escorrendo esta página ou clicando em qualquer de seus elementos, aceita o uso dos ‘cookies’. Para saber mais ou negar o consentimento, clique na tecla "Mais informações".