Áustria – P. Tadeus Rozmus: numa Europa com “culturas, línguas, mentalidades e cenários históricos diferentes, um só e mesmo carisma”

29 março 2019

(ANS - Viena) – Desde que foi eleito em 2014, o Conselheiro para a Região salesiana Europa Centro e Norte, P. Tadeusz Rozmus, 62 anos, polonês, tem viajado muito. De fato, deve, quer por injunção do cargo, quer por encargo do Reitor-Mor, acompanhar seus coirmãos em bem 33 Países do Velho Continente. Entre fevereiro e março o P. Rozmus esteve por diversas semanas na Áustria, levando a termo uma Visita chamada ‘extraordinária’ em todas as comunidades da Inspetoria. Não só se encontrou e reuniu com os SDBs mas também com os Membros da FS, os membros de Organizações parceiras, os Colaboradores e o Pessoal empregado.

Que conteúdos e carismas são importantes na Europa Centro e Norte?

A nossa identidade salesiana tem a máxima prioridade. E isto se estende não somente à formação dos jovens salesianos – há atualmente 15 comunidades formativas na Europa, uma das quais em Viena – mas também à formação dos Leigos colaboradores. É da qualidade dessa formação que depende o futuro de Dom Bosco na Europa. Cresce a importância do profissionalismo específico. O aprendizado permanente, obviamente, é fundamental. Acrescente-se que é preciso saber como acompanhar os jovens hoje na educação, no trabalho social, na formação.

Como viveu a Visita do Reitor-Mor, na Áustria?

O programa foi bem preparado e a FS esteve muito presente. Além disso, para mim foi a primeira vez que uma Visita Extraordinária coincidiu com a Visita do Reitor-Mor.

O Sr. já esteve e viveu várias vezes na Áustria:  qual o seu relacionamento com a Áustria?

Com a Áustria o meu relacionamento é especial. Jovem salesiano estive em Linz para aprender o alemão. Alguns anos mais tarde convidaram-me a substituir o Pároco em Schärding. E já são 15 anos que durante o verão faço o mesmo em Sankt Roman e em Münzkirchen. Acabei criando amizades, batizando crianças, celebrando casamentos... Assim a Alta Áustria se me tornou uma segunda pátria.

Como é a colaboração entre os salesianos na ‘sua’ região da Europa?

Devo dizer que funciona muito bem. Ainda que os Países tenham culturas, línguas, mentalidades e cenários históricos diversos, todos têm o mesmo carisma. Uma vez por ano há o encontro dos Inspetores – este ano será na Eslovênia – e há, além disso, Conferências de Inspetorias por Regiões. Em 2019, far-se-á mais uma edição dos Jogos Salesianos Internacionais, que significa: mais um grande momento para a Juventude da Europa intercambiar e partilhar tantos e tão excelentes valores...

InfoANS

ANS - “Agência iNfo Salesiana” - é um periódico plurissemanal telemático, órgão de comunicação da Congregação Salesiana, inscrito no Registro da Imprensa do Tribunal de Roma, n. 153/2007. 

Este sítio utiliza ‘cookies’ também de terceiros, para melhorar a experiência do usuário e para fins estatísticos. Escorrendo esta página ou clicando em qualquer de seus elementos, aceita o uso dos ‘cookies’. Para saber mais ou negar o consentimento, clique na tecla "Mais informações".