Gâmbia – P. Piotr Wojnarosky SDB: as surpresas de Deus na sua vocação salesiana e missionária

12 junho 2019

(ANS – Kunkujang) – É um dos quatro pioneiros salesianos no mais recente posto avançado missionário da Congregação, em Kunkujang, na Gâmbia. No entanto quando menino só pensava em futebol. Também como salesiano demorou a descobrir em si a centelha missionária. O P. Piotr Wojnarosky, Salesiano polonês, testemunha hoje como a disponibilidade ao chamado de Deus possa mudar as perspectivas e a vida.

“Na Polônia eu frequentava uma paróquia cuidada pelos Salesianos. No colegial eu queria ser atleta e jogava futebol como profissional” – conta. “Não tinha lá muita atração pela ideia de ser salesiano – admite – . Mas ao participar de um ‘campo vocacional’, um novo pensamento entrou pela cabeça: de modo que no último ano de colegial mudei de ideia”.

Depois dos estudos de Filosofia, foi mandado à França para o Tirocínio Prático. Voltou à pátria para estudar Teologia, foi ordenado sacerdote e destinado a uma Escola salesiana na Silésia onde animou um grupo missionário juvenil, com o qual, além de rezar pelos missionários, decidiu sustentar, concretamente, um projeto.

“Havia um Coirmão polonês missionário em Gana. Em 2001 nos convidou a construir com ele uma escola, em Afienya. Quando fui visitá-lo, apaixonei-me pela África. Ao voltar à Polônia pedi para ir às Missões!” – lembra.

Em 2003 voltou a Gana com colaboradores para construir uma escola em Sunyani, e naquele mesmo ano foi destinado exatamente àquela missão. “Fui nomeado responsável pelo Centro de Formação Profissional, que dirigi por sete anos. Depois destinaram-me a Delegado de PJ para a Inspetoria ‘África Ocidental Anglófona’ e assim animei muitas atividades para os Jovens”. Depois de servir também em Tema, sempre em Gana, propôs-se acompanhar a fundação da presença salesiana na Gâmbia.

“O Bispo local – nos conta – pedira aos salesianos abrir uma nova presença. Nossa Congregação aceitou, enviando Coirmãos procedentes de quatro Países de quatro... Continentes: Peru, Nigéria, Índia e Polônia”. O primeiro passo foi avaliar a situação juvenil e o contexto. Há no povoado da missão, Kunkujang, escolas, do elementar ao colegial, e há uma grande igreja vizinha a um lugar de romarias marianas. Mas há também uma elevada taxa de migrantes ilegais que buscam chegar à Europa. “Este é um dos fatos que logo incluímos em nossa análise” – concluiu.

Agora o P. Wojnarosky e seus colegas missionários estão empenhados em iniciar diversos projetos concretos para ir ao encontro das necessidades de tantos jovens desvalidos.

Para maiores informações: www.missionidonbosco.org 

InfoANS

ANS - “Agência iNfo Salesiana” - é um periódico plurissemanal telemático, órgão de comunicação da Congregação Salesiana, inscrito no Registro da Imprensa do Tribunal de Roma, n. 153/2007. 

Este sítio utiliza ‘cookies’ também de terceiros, para melhorar a experiência do usuário e para fins estatísticos. Escorrendo esta página ou clicando em qualquer de seus elementos, aceita o uso dos ‘cookies’. Para saber mais ou negar o consentimento, clique na tecla "Mais informações".