Print this page

Itália – No Sínodo para renovar o nosso trabalho missionário: entrevista com Dom Jonny Eduardo Reyes SDB

03 outubro 2019

(ANS – Turim) – Faltam poucos dias para o início do Sínodo sobre a Amazônia, convocado pelo Papa Francisco, que se fará no Vaticano de 6 a 27 de outubro. Dom Jonny Eduardo Reyes SDB, Vigário Apostólico de Puerto Ayacucho, Venezuela, visitou a Casa de Valdocco e falou sobre temas importantes, como ecologia, situação sociopolítica na Venezuela.

Como será este Sínodo?

O Papa e a Comissão Pré-sinodal nos apresentaram dois temas principais. O primeiro se refere à ecologia. O Papa Francisco quer deixar claro que os problemas da Amazônia não se limitam à área: dizem respeito a todos. O segundo tema a ser abordado é a nossa presença como Igreja, os novos caminhos pastorais que se devem correr na Região. Como Igreja, já estamos presentes há 500 anos. Mas há ainda muitas respostas a serem dadas.

Que expectativas alimenta?

Grandes! Será uma oportunidade para refletir sobre como atualizar nosso trabalho missionário nessas áreas. Já não se pode pensar como o faziam os primeiros missionários que chegaram às Américas. Agora também a pastoral missionária tem outras dimensões e penso que nós, como pastores da atualidade, nos devamos adequar.

Está na Amazônia venezuelana há quatro anos. Qual é a situação atualmente na Venezuela?

A Igreja, na Venezuela, continua a ser a instituição mais credível para os cidadãos. Mas os problemas são grandes. A situação com o governo não é fácil. E, embora sempre se fale de diálogo, de encontro..., os frutos ainda não se veem. Na Venezuela, pedimos apenas uma coisa: viver numa sociedade tranquila, como há vinte anos.

O que pode dizer da questão dos migrantes?

Já são quase quatro milhões os venezuelanos que deixaram seu país. Isto, claro, tem um grande impacto nas famílias, no trabalho, na escola. Nós, salesianos, que trabalhamos nas escolas, percebemos que esta é uma situação assaz difícil.

Como é que os jovens vivem esta situação?

Alguns perderam a esperança e partiram. Outros não quiseram deixar seu país e estão esperando: porque estão convencidos de que a Venezuela será capaz de superar semelhante situação. Para os Salesianos, o tema jovens é importante: por isso ficamos com eles. Assistimos a um aumento de jovens voluntários, dispostos a dedicar-se aos demais: e isso é simplesmente maravilhoso.

Aqui está a entrevista completa feita com o Bispo Dom Jonny Eduardo Reyes SDB.

Related items

Este sítio utiliza ‘cookies’ também de terceiros, para melhorar a experiência do usuário e para fins estatísticos. Escorrendo esta página ou clicando em qualquer de seus elementos, aceita o uso dos ‘cookies’. Para saber mais ou negar o consentimento, clique na tecla "Mais informações".