Print this page

Brasil – Rádio Dom ingressa na Rede Salesiana Brasil de Ação Social

17 setembro 2020

(ANS – Curitiba) – A “Rádio Dom” é um veículo de comunicação salesiano, social e juvenil. Nasceu em 2017 na cidade de Curitiba, PR, com a intenção de ser uma ponte entre aqueles que não tem voz e a sociedade que muitas vezes marginaliza e exclui. Neste intuito de promover a liberdade, a dignidade, o protagonismo, o encontro consigo mesmo e com seus respectivos dons, a Emissora promove vitalidade a muitos adolescentes e jovens em estado de vulnerabilidade, prestando-lhes medidas socioeducativas. Agora “Rádio Dom” ingressa na “Rede Salesiana Brasil de Ação Social”, para potencializar a divulgação das diversas iniciativas realizadas pelas obras sociais salesianas.

Atualmente a rádio conta com seis estúdios, em dois estados. Desses, três são inseridos em unidades de internação para jovens em conflito com a lei. Com mais de 45 voluntários, entre locutores, jornalistas, técnicos, designs, possui uma programação vasta de formação, educação, salesianidade, e de formação social e musical. Sendo a Inspetoria Salesiana de São Paulo (BSP), sua mantenedora, é braço de contato juvenil por meio da transformação social, possibilitando que as mais variadas frentes carismáticas da família fundada por São João Bosco, tenham acesso a informações das obras sociais bem como de assuntos relevantes para a juventude marginalizada.

A Rádio não para de crescer, com mais de um milhão de acessos em sua plataforma, está vinculada à Rede Salesiana Brasil por meio da comunicação e da ação social. Reconhecida por sua programação e projetos sociais, acredita e põe em prática os princípios fundamentais da articulação social em rede. Em parceria com a Rádio Vaticano, transmite a voz do Papa a tantos ouvintes, como também mesas redondas, reflexões acerca do protagonismo, do cuidado aos mais pobres, para o crescimento, evangelização e dignidade. E o faz com o melhor: ‘Com os jovens e para os jovens’!

A emissora mantém uma extensão Universitária de Vulnerabilidades Juvenis em parceria com o Centro Universitário Salesiano de São Paulo (UNISAL), a fim de formar jovens para o trabalho e acompanhamento dos jovens em regime de detenção. Sua programação, com diretivas sociais, possibilita diariamente que seu público se conscientize da necessidade da coletividade, do sentido de comunidade e do olhar voltado para os que mais precisam. Os debates, simpósios, parcerias com órgãos públicos juvenis, intensificam a profundidade dos assuntos discutidos e colocam em pauta todos aqueles que devem ser evidenciados com a finalidade de que tenham voz, vez e lugar. O envolvimento de diversos jovens em Curitiba e em São Paulo proporciona um relevante engajamento do público alvo e destinatário.

O projeto de maior sucesso da Rádio Dom sem sombra de dúvida continua sendo o mesmo que a fez nascer: a Educomunicação aos jovens em regime de detenção, internos em instituições socioeducativas. Os meninos internos não podem aparecer através de câmeras, vídeos e apresentações públicas. Se aparecessem seriam olhados de formas diferentes devido aos estigmas que carregam. A rádio proporciona a devolutiva da dignidade a partir da voz, da música, da leitura, da locução, da técnica. Aqui não se sabe quem está do outro lado: mas o que importa realmente é que é um ser humano. Desse projeto nasceram outros voltados a esse público, que procura mostrar aos meninos e a sociedade que o ato infracional não os resume ou limita, porque a humanidade os transcende.

Para contribuir com as ações do ‘Rádio Dom’ ou com as demais obras sociais salesianas pelo Brasil sem sair de casa, acesse o site da União pela Vida (UPV) ou baixe o aplicativo da UPV disponível para Android e iOS.

Ronnaldh Oliveira SDB e Equipe de Comunicação da ‘Rádio Dom’

Este sítio utiliza ‘cookies’ também de terceiros, para melhorar a experiência do usuário e para fins estatísticos. Escorrendo esta página ou clicando em qualquer de seus elementos, aceita o uso dos ‘cookies’. Para saber mais ou negar o consentimento, clique na tecla "Mais informações".