Print this page

Brasil – Os novos horizontes da comunicação salesiana no país

31 março 2021

(ANS - Brasília) – Foi realizado, de 23 a 26 de março, em formato on-line, o Encontro Anual dos Delegados Inspetoriais de Comunicação, da Rede Salesiana Brasil (RSB). Participaram do evento os representantes das seis Inspetorias dos Salesianos de Dom Bosco (SDB) e das ora quatro Inspetorias das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), presentes no País.

Além de avaliar o trabalho realizado no setor em 2020, definir as linhas programáticas de atuação na área de comunicação de toda RSB e estimular momentos de debate, diálogo e compartilhamento de boas práticas, o encontro on-line também contou, no terceiro dia, quinta-feira, 25 de março, com a presença de alguns convidados especiais, isto é:

- em primeiro lugar, os Diretores executivos da Rede Salesiana Brasil (RSB) Ir. Silvia Aparecida da Silva; do setor da rede dedicado às iniciativas sociais (RSB-Social), P. Waldomiro Bronakowski; e da diretora executiva da RSB-Escolas (RSB-Escolas), Ir. Adair Aparecida Sberga;

- além do Prof. Adauto Soares e Dras. Leila Iannone e Lara Cristina Borges, autoridades oficiais da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura) no Brasil.

Na ocasião, a Ir. Marcia Kofferman, Diretora Executiva da Rede Salesiana Brasil, de Comunicação (RSB-Comunicação), ilustrou aos convidados o caminho que tem sido feito no mundo salesiano relativamente à educação e apresentou a realidade da RSB em suas 106 escolas, 109 unidades sociais, 13 instituições universitárias e 11 instituições de comunicação social. Acenou, outrossim, à possibilidade de, em futuro próximo, poder haver algum compromisso de maior aproximação e parceria entre a RSB e a UNESCO.

O Prof. Soares, por sua vez, economista e filósofo, que atua na UNESCO na área da comunicação e informação, mostrou-se impressionado pela vastidão e qualidade da RSB, bem como pela atenção à educomunicação e ao nível de utilização das novas tecnologias.

A seguir, a Dra. Leila Iannone, ex-aluna das FMA de São Paulo, falou sobre a importância de inovar os currículos de formação dos centros de educação nesta época de enormes mudanças, dando espaço tanto às competências das Tecnologias da Informação e Comunicação quanto às habilitações socioemocionais.

No último dia do evento, sexta-feira, 26 de março, os trabalhos se concentraram no tema “Parâmetros Institucionais de qualidade para as Escolas”, com a Irmã Silvia Fonseca (que também integra o grupo de trabalho para o desenvolvimento do documento que apresenta os Parâmetros), a qual apresentou em detalhes as partes do documento institucional que se referem ao campo da comunicação.

Este sítio utiliza ‘cookies’ também de terceiros, para melhorar a experiência do usuário e para fins estatísticos. Escorrendo esta página ou clicando em qualquer de seus elementos, aceita o uso dos ‘cookies’. Para saber mais ou negar o consentimento, clique na tecla "Mais informações".