Polônia – Os Salesianos pelos Refugiados

09 março 2022

(ANS - Stettin) - Os salesianos da Inspetoria ‘São Adalberto’, da Polônia Norte (PLN), com sede em Piła, buscam responder de várias maneiras às necessidades dos cidadãos ucranianos refugiados na Polônia. A Casa salesiana "São José", de Stettin, atua neste sentido desde os primeiros momentos da guerra.

O Centro se dispôs a receber 32 refugiados ucraínos. Começaram a chegar no sábado, 26 de fevereiro, e, na quarta-feira, 2 de março de 2022, o centro já estava lotado, com 42 pessoas hospedadas no internato. Trata-se de mães acompanhadas por seus filhos, de 6 meses a 16 anos, incluindo 3 gestantes (17 mulheres, 15 meninas, 9 meninos e 1 idoso).

Ao chegar, os refugiados carregavam no máximo uma pequena bolsa ou mala, sem nenhuma bagagem propriamente dita. Em vista disso, os salesianos logo se deram a arrecadar as coisas mais necessárias - roupa, alimentos não perecíveis, material de higiene. Mas também precisaram de carrinhos de bebê, berços, geladeiras, ferros de passar...

A solidariedade da população polonesa foi grande. “Para recolher todas as doações, tivemos que usar praticamente todas as salas dos laboratórios da escola profissionalizante. Para a triagem da roupa doada foram utilizadas: seis salas para as roupas pré-selecionadas; duas salas para a primeira triagem e depósito de produtos de higiene pessoal e produtos químicos; duas salas para a triagem e depósitos de alimentos. Após distribuir roupa e alimento às pessoas aqui acolhidas, enviamos uma dezena de ônibus com o restante da ajuda arrecadada, a refugiados de outras localidades” - contam os salesianos.

De acordo com a Caritas da Arquidiocese de Stettin-Kamień, a obra já distribuiu a maior parte dos materiais recolhidos. Ao todo, foram arrecadadas e distribuídas cerca de 70 toneladas de doações, utilizando 40 meios de transporte (caminhões e vans).

A coleta, triagem e o acondicionamento dos materiais doados ocuparam uma semana de trabalho diário, entre 7h e 20h, envolvendo centenas de pessoas. No início, havia salesianos, professores, funcionários, alunos e seus pais, as crianças que frequentam o centro... Em seguida, a eles se juntaram muitos voluntários. “Todos os dias, milhares de pessoas chegavam trazendo doações. Durante vários dias também recebemos gratuitamente pão e carne”, dizem os Salesianos.

No dia 3 de março, os filhos de Dom Bosco encerraram a coleta de bens e, no dia 1º de março, abriram uma conta bancária dedicada à ajuda aos refugiados, destinando o dinheiro à acolhida e à assistência integral aos refugiados.

Além de alimentação e alojamento, o serviço de refugiados também prevê:

• estabilização da cooperação e nomeação de um coordenador de língua ucraína para contatos com o centro de saúde dedicado;

• transporte;

• assistência na interpretação e em questões burocráticas e na vida quotidiana;

• fornecimento de refeições na estação de trem para refugiados que desembarcam;

• criação de um Jardim de infância para as crianças;

• organização de atividades diurnas em ucraniano;

• atividades pré-escolares para crianças em idade pré-escolar;

• aulas de inglês para crianças em idade pré-escolar;

• organização de cursos de língua polonesa para crianças e adultos;

• serviços psicológicos e pedagógicos em ucraniano;

• mediação em ucraniano para a procura de emprego;

• organização de um concerto beneficente, com músicos e cantores ucranianos do Conjunto “Szczecinanie”.

O serviço realizado por esta obra é o mesmo realizado por muitas outras Casas da mesma Inspetoria, as quais também estão organizando coletas de bens de primeira necessidade e organizando e oferecendo hospitalidade aos refugiados. As doações arrecadadas são enviadas a Centros de ajuda - na Polônia e na Ucrânia - , e também diretamente às famílias acolhidas pelos Paroquianos das paróquias dirigidas pelos Salesianos.

ARTIGOS CORRELATOS

InfoANS

ANS - “Agência iNfo Salesiana” - é um periódico plurissemanal telemático, órgão de comunicação da Congregação Salesiana, inscrito no Registro da Imprensa do Tribunal de Roma, n. 153/2007. 

Este sítio utiliza ‘cookies’ também de terceiros, para melhorar a experiência do usuário e para fins estatísticos. Escorrendo esta página ou clicando em qualquer de seus elementos, aceita o uso dos ‘cookies’. Para saber mais ou negar o consentimento, clique na tecla "Mais informações".