Print this page

Tailândia - Mulheres e homens consagrados, testemunhas do Evangelho

24 setembro 2018

(ANS - Bangkok) - "Eu sou o Servo do Senhor". Este é o lema das Servas do Coração Imaculado de Maria (SIHM), 14° grupo da Família Salesiana, nascido na Tailândia mais de 80 anos atrás e que agora conta com 92 freiras e dois noviços. Junto com os salesianos (80 membros), as Filhas de Maria Auxiliadora (84 membros), as Irmãs da Realeza de Maria Imaculada (26 membros) e duas instituições seculares das Voluntárias de Dom Bosco (15 membros) e as filhas da Realeza de Maria Imaculada (39 membros), a Família Salesiana engloba 16% de todas as pessoas consagradas na Tailândia.

Na pequena e dispersa presença católica da Tailândia - país onde os católicos representam apenas 0,3% da população - mulheres e homens religiosos são o sinal mais visível do amor de Deus para os cidadãos desta nação, a maioria budista.

Em todos os casos, a Igreja Católica desempenha um papel fundamental na educação, da escola primária à universidade; nos cuidados de saúde, especialmente no tratamento de pacientes com câncer; e a promoção da dignidade humana e crescimento pessoal, especialmente entre as minorias étnicas que vivem nos subúrbios ao norte do país.

Quanto aos institutos masculinos, os Salesianos de Dom Bosco constituem a maior congregação, com 80 membros. Eles são seguidos pelos Redentoristas, os Gabrielístas e os Camilianos. Existem outras vinte e duas ordens e congregações, a maioria das quais conta, no entanto, apenas alguns membros.

Com o rápido crescimento industrial e o forte impulso migratório interno, a vida religiosa na Tailândia diminuiu significativamente. A maioria das ordens religiosas ainda incentiva o sistema de aspirantados, rezando para a fé e para a partilha de boas práticas que podem promover uma cultura mais profissional na Tailândia.

Fonte: AustraLasia

Este sítio utiliza ‘cookies’ também de terceiros, para melhorar a experiência do usuário e para fins estatísticos. Escorrendo esta página ou clicando em qualquer de seus elementos, aceita o uso dos ‘cookies’. Para saber mais ou negar o consentimento, clique na tecla "Mais informações".