Print this page

Vaticano - Causa do Servo de Deus Ignazio Stuchlý, SDB: parecer positivo dos Consultores históricos

12 dezembro 2018

(ANS - Cidade do Vaticano) - Depois de ter sido oficialmente entregue, no último dia 20 de julho, durante a visita do Reitor-Mor, padre Ángel Fernández Artime ao Cardeal Angelo Amato, prefeito emérito da Congregação para as Causas dos Santos, no dia 11 de Dezembro, os Consultores examinaram e emitiram um parecer positivo unânime sobre a  Positio super Vita, Virtutibus et Fama Sanctitatis do Servo de Deus Inácio Stuchlý, Sacerdote Professo da Sociedade São Francisco de Sales (1869-1953). Na reunião dos Consultores foi apurado o valor científico e a suficiência dos documentos reunidos durante a investigação diocesana.

O Servo de Deus padre Ignác Stuchlý viveu em uma época - entre 1869 e 1953 - marcada por importantes eventos históricos, políticos e sociais. Isso o levou a adaptar-se a contextos sempre novos, mas também a reunir e enfrentar desafios promissores, em obediência à Igreja e a serviço dos jovens.

Nesse sentido - como assinalam as fontes documentais - ele se viu repetidamente em posição de ajudar concretamente a Sociedade Salesiana e a Igreja, de maneira geral. Isso aconteceu seja nos anos vividos em Gorizia, nos quais colaborou com o arcebispo Giacomo Missia ou, acompanhando a rotina do colégio interno "San Luigi” juntamente com outros salesianos, como na Eslovênia, enquanto contribuía para o início da obra salesiana local e, sobretudo, trabalhava para a construção do Santuário de Maria Auxiliadora em Rakovnik.

Ele também se distinguiu como fundador e pioneiro da presença salesiana na Boêmia e na Morávia, em resposta à necessidade concreta da Igreja local. De fato, alguns bispos solicitaram, com grande insistência, a presença dos Filhos de Dom Bosco em suas terras.

O padre Stuchlý, através de pesquisa histórica, destaca-se como um homem de comunhão, construtor de pontes entre nações e grupos, promotor de paz e de reconciliação em um contexto marcado por guerras mundiais e por totalitarismos, nazista e comunista.

O próximo passo será o exame da Positio super virtutibus pelos Consultores Teológicos da Congregação para as Causas dos Santos.

Este sítio utiliza ‘cookies’ também de terceiros, para melhorar a experiência do usuário e para fins estatísticos. Escorrendo esta página ou clicando em qualquer de seus elementos, aceita o uso dos ‘cookies’. Para saber mais ou negar o consentimento, clique na tecla "Mais informações".