Print this page

Panamá - O Reitor-Mor no Panamá2019: "O MJS não deve entreter os jovens por alguns anos. Trata-se de experimentar a doação para continuar doando por toda a nossa vida"

24 janeiro 2019

(ANS - Cidade do Panamá) - Ontem, quarta-feira, 23 de janeiro, os jovens do Movimento Juvenil Salesiano (MJS) viveram um dia profundo em mensagens, rico em reuniões e sólido em oração. O padre Ángel Fernández Artime, Reitor-Mor e a Madre Geral das Filhas de Maria Auxiliadora, Madre Yvonne Reungoat, compartilharam momentos de reflexão, festa e oração com jovens de todo o mundo.

"Não tenham medo de Deus", foi uma das principais mensagens que o Reitor-Mor e a Madre Geral FMA levaram ao Fórum da Juventude do MJS, um evento realizado na manhã de ontem na Basílica Dom Bosco, do Panamá. O fórum, liderado pelo padre Fabio Attard e pela irmã Runita Borja, Conselheiros Gerais da Pastoral Juvenil das duas Congregações, reuniu cerca de 200 jovens, responsáveis pelo MJS de vários países, com o intuito de trabalharem nas diretrizes globais comuns no que se refere ao trabalho com jovens.

Durante o encontro, um grupo de jovens fez perguntas aos Superiores Gerais. Um jovem angolano perguntou ao Reitor-Mor. "Seria possível melhorar a formação de leigos que colaboram com os salesianos?"

A resposta dada pelo padre Á. F. Artime abriu um panorama de reflexão para todos os jovens do mundo: "Eu acredito que este seja o único caminho possível. O Papa Francisco advertiu que há um perigo, na Igreja, que é o clericalismo... Devemos saber que todos temos diferentes vocações, inspiradas pelo Espírito. A Igreja do futuro terá de ser menos clerical. A única saída é caminharmos juntos, leigos e consagrados, assim o testemunho será mais rico, mais credível, mais atraente. O Evangelho será mais visível. É verdade que devemos ter percursos de formação, apenas a boa vontade não é suficiente... Uma opção para o Evangelho não é questão de dois ou três anos... Posso imaginar que daqui a dez anos vocês serão testemunhas onde quer que estejam. O MJS não deve entreter os jovens durante alguns anos. Trata-se de experimentar a doação para continuar doando durante toda a nossa vida".

O fórum foi encerrado com uma Eucaristia presidida pelo Reitor-Mor. A parte da tarde foi animada com a grande Festa do MJS, que contou com uma rica programação de músicas, danças e atividades de animação para cerca de 2.500 jovens. À noite, houve a Vigília da Adoração Eucarística, presidida pelo padre Attard. A festa terminou com a mensagem da "Boa-Noite" oferecida pelo padre Á. F. Artime e pela Madre Reungoat.

Os vídeos do Fórum e da Festa do MJS, já estão disponíveis no Facebook.

Este sítio utiliza ‘cookies’ também de terceiros, para melhorar a experiência do usuário e para fins estatísticos. Escorrendo esta página ou clicando em qualquer de seus elementos, aceita o uso dos ‘cookies’. Para saber mais ou negar o consentimento, clique na tecla "Mais informações".