Print this page

Bolívia – Dia Internacional da Alfabetização: o “Projeto Dom Bosco”

09 setembro 2019

(ANS – Santa Cruz de la Sierra) – Há muitos lugares, na Bolívia, em que os salesianos trabalham com empenho para tirar da rua crianças e adolescentes, buscando afastá-los gradualmente de uma situação calamitosa a que se habituaram. Um desses lugares é Santa Cruz de la Sierra, onde, graças à iniciativa do P. Ottavio Sabbadin, foi iniciado há anos o “Proyecto Don Bosco”, projeto que apoiado no princípios do Sistema Preventivo proporciona uma oportunidade de escolarização e desenvolvimento.

Apesar da grande riqueza de matérias primas, o PIL da Bolívia é um dos mais baixos de toda a América do Sul, com um salário mensal médio de cerca de 91 dólares. As políticas sociais e familiares são poucas e ineficazes, e quem ‘paga o pato’ são as categorias mais humildes, ‘in primis’ as crianças. Embora haja leis e iniciativas que tutelem crianças e adolescentes (como, p. ex., a introdução de um bônus dirigido às mulheres grávidas e uma lei contra o abandono da escola – mas que prevê uma pequena ajuda aos alunos), a infância mais pobre na Bolívia fica à mercê de si mesma. Calcula-se, por exemplo, que só 7% dos menores que vivem em áreas rurais completa os oito anos da escola obrigatória.

Perante tal situação, há já 28 anos, o P. Sabbadin começou (em 1991) o Projeto Dom Bosco, uma iniciativa voltada à recuperação e à reintegração social dos meninos(as) de rua. A iniciativa prevê três diferentes passagens, a serem feitas em outros tantos centros situados na cidade de Santa Cruz de la Sierra: “Hogar Don Bosco” (Lar Dom Bosco); a casa de acolhença “Mano Amiga” (Mão Amiga); e o “Centro Barrio Juvenil Don Bosco”.

Frequentam esses centros 900 menores em situação de altíssimo risco social, que, entretanto, graças ao “papá Ottavio” – como lhe chamam – e a seus Coirmãos salesianos, podem receber uma educação para o futuro e, quando possível, a reinserção na própria família.

Por ocasião do Dia Internacional da Alfabetização, que se celebrou ontem, 8 de setembro, os Salesianos locais relançaram seu empenho pela alfabetização dos menores, primeiro passo para um percurso educativo mais amplo e duradouro. Estão por isso recolhendo ajudas para a aquisição de material didático – livros, mochilas ou bolsas escolares, uniformes, canetas, lápis, estojos... – que serão destinados aos 250, entre pequenos(as) e adolescentes que se encontram em estado de abandono e vítimas de maus-tratos, e dos quais se encarregaram os missionários.

Para mais informações, visite-se o sítio: www.missionidonbosco.org 

Este sítio utiliza ‘cookies’ também de terceiros, para melhorar a experiência do usuário e para fins estatísticos. Escorrendo esta página ou clicando em qualquer de seus elementos, aceita o uso dos ‘cookies’. Para saber mais ou negar o consentimento, clique na tecla "Mais informações".