Print this page

Índia – O Reitor-Mor termina sua Visita à Inspetoria de Chennai

10 setembro 2019

(ANS - Chennai) – Foram os jovens, tanto os da formação quanto os que frequentam os ambientes salesianos, a replenar os últimos dias da Visita de Animação do Reitor-Mor à Inspetoria da Índia-Chennai (INM). O P. Ángel Fernández Artime, como o fazia Dom Bosco, encorajou-os a ouvir a voz de Deus na própria vida.

Perante a ‘fina flor da juventude’ salesiana da inspetoria – 28 aspirantes, 25 pré-noviços e 21 noviços reunidos no Aspirantado de Tirupattur – , o Reitor-Mor disse que Deus muito ama a todos os jovens, mas que dentre eles Ele chama somente alguns a viver uma vocação específica como consagrados. Na caminhada de formação – sublinhou – deve haver muita sinceridade: “Os formandos não podem ter medo de ser sinceros e claros com o seu Superior, que sempre os haverá de guiar com bondade. Doutra forma, a longo prazo, se tornará impossível ser felizes”.

Mais uma vez recordou que os salesianos existem para servir os jovens pobres. Mas tal serviço só será possível se o salesiano permanecer radicado em Deus: “Assim como as árvores, com o passar dos anos, vão aprofundando mais e mais as suas raízes no solo, assim também o filho de Dom Bosco deve ir crescendo na sua experiência de Deus e evitar a aridez que pode advir das tentações” – afirmou.

Depois de insistir na importância da obediência, o Sucessor de Dom Bosco concluiu renovando seu apelo à generosidade missionária. Hoje a Índia salesiana cresce com ritmos acelerados: entretanto tudo isso não teria sido possível se não tivesse havido os sacrifícios dos primeiros missionários europeus: “É nosso dever restituir cem vezes quanto recebemos tão generosamente no passado!”

Terminada essa sessão tão densa de conteúdos, o Reitor-Mor se pôde relaxar com o entusiasmo contagioso dos rapazes que animaram uma grande festa juvenil no Instituto Sagrado Coração, de Tirupattur.

No decorrer da noite, presente o Conselheiro Regional, P. Maria Arokiam Kanaga, e também várias outras Autoridades, o Inspetor de Chennai, P. Jose Kochamkunnel, falou da Inspetoria através de números: 12 Institutos de educação superior, 46 Escolas, 21 Paróquias, 6 Institutos de formação profissional, 12 Obras sociais, 5 Centros de animação, 2 Casas de formação e 3 Aspirantados.

Para encerrar, o Reitor-Mor procedeu ao lançamento da coletânea poética «Drinking Deep as the Divine Springs», do P. A. M. Matthew Adukanil; do manual ‘Online Administration’, do Ecônomo Inspetorial P. Xavier Packia; a newsletter digital do Instituto ‘Sacred Heart Times’, firmada pelo Diretor Acadêmico da escola, P. Maria Antonyraj; e o curta-metragem ‘Micky’, realizado pela ‘Don Bosco Production”, sobre a história do menino de Dom Bosco, Miguel Magone.

Finalmente, na manhã de segunda-feira (9), o Reitor-Mor saudou os alunos do Instituto Sagrado Coração, inaugurou o estádio coberto e plantou uma árvore no campus do Instituto.

De noite, chegou de avião a Dimapur, onde hoje inicia uma nova Visita de Animação.

ANSFlickr

Este sítio utiliza ‘cookies’ também de terceiros, para melhorar a experiência do usuário e para fins estatísticos. Escorrendo esta página ou clicando em qualquer de seus elementos, aceita o uso dos ‘cookies’. Para saber mais ou negar o consentimento, clique na tecla "Mais informações".