Print this page

RMG – Apresentação oficial da Estreia do Reitor-Mor às Filhas de Maria Auxiliadora (FMA)
Featured

28 dezembro 2017

(ANS – Roma) – Em clima de festa, o P. Ángel Fernández Artime, Reitor-Mor dos Salesianos, apresentou ontem, 27 de dezembro, oficialmente, na Casa Geral das FMA, a Estreia para o ano de 2018, a qual tem por título “CULTIVAR A ARTE DE ESCUTAR E DE ACOMPANHAR” e que aprofunda o texto bíblico “Senhor, dá-me desta água” (Jo 4,15). O evento iniciou pela apresentação de um videossíntese da Estreia.

Em primeiro lugar as FMA deram as boas-vindas ao Reitor-Mor e a seguir falou o Sucessor de Dom Bosco, P. Á. F. Artime, agradecendo pela presença da Madre Geral, Ir. Yvonne Reungoat, e de muitos Representantes da FS. Presente ao evento também o P. Filiberto González, Conselheiro geral para a CS dos SDB, com sua Equipe de Dicastério.

“Para nós, Salesianos, é um dever urgente, necessário, fundamental, trabalhar ouvindo e acompanhando os nossos e nossas jovens” – exordiou o Reitor-Mor, que a seguir nos foi interpelando: “O que estamos a esperar? Por que não nos decidimos a estar-disponíveis-a-acompanhar os nossos jovens? Por que se não trabalha no que é importante na sua vida deles? O que está a deter este nosso dever fundamental de educadores? Por que ocupar-nos de e gastar tempo com outras coisas, quando esta é para nós a verdadeira prioridade educativo-evangelizadora?”.

Depois da apresentação, a Madre Reungoat agradeceu ao Reitor-Mor pelo presente da Estreia e convidou as FMAs a viver e realizar esse fundamental projeto do carisma de Dom Bosco e de Maria Mazzarello.

Da apresentação da Estreia, que guiará o processo educativo-evangelizador ao longo de todo o ano de 2018, participaram também vários Expoentes dos Grupos da FS, i. é, Salesianos de Dom Bosco, Salesianos Cooperadores, membros da Associação de Maria Auxiliadora (ADMA); Ex-alunos(as) de Dom Bosco, Salesianas Oblatas do Sagrado Coração de Jesus, Filhas dos Sagrados Corações de Jesus e Maria, e Voluntárias de Dom Bosco; além – obviamente – de uma consistente e mui atuante presença de FMAs, que apinharam a Sala Magna da Casa Geral.

O acompanhamento – insistiu o Reitor-Mor – é uma ocupação fundamental que tem, por tarefa, o “diálogo” e, por objetivo, “favorecer o relacionamento entre a Pessoa e Deus. Se o nosso acompanhamento não levar ao Senhor Jesus – concluiu – , não estamos dando acompanhamento aos nossos Jovens”. 

Videossíntese da Estreia em ANSChannel

Fotos da apresentação em ANSFlickr

Este sítio utiliza ‘cookies’ também de terceiros, para melhorar a experiência do usuário e para fins estatísticos. Escorrendo esta página ou clicando em qualquer de seus elementos, aceita o uso dos ‘cookies’. Para saber mais ou negar o consentimento, clique na tecla "Mais informações".